.Querido Diário

Construindo um fabuloso destino

11:27

Eu já estive em vários projetos de "x coisas em x dias". 365 dias de alguma coisa, 101 coisas em 1001 dias. Queria até arriscar fazer o 25 coisas antes dos 25. O problema é que, para variar, eu desanimo. Desgosto das minhas listas poucos dias depois de elas serem feitas. Forço a maioria dos itens quando preciso preenchê-las.  Etc etc.

(daqui)


Daí que já tem um tempo que vejo o Felipe e a Lilian falando sobre sua lista de coisas pra fazer. Não tem um número específico, não são divulgadas, não tem nome de projeto e nem uma data para acabar. É só uma lista pessoal de coisas que os tornariam mais felizes, que os fariam aproveitar melhor suas vidas.

Um adendo: tenho lido um bocado de blogs de gentes que não se sentem muito confortáveis com suas posições atuais e eu nunca concordei tanto. Inclusive morro de saudade de quando eu fazia várias coisas, de quando era mais ativa, de quando estava sempre aprendendo algo - ao contrário de hoje, que só trabalho e não estou na minha área.

Pois bem.

Eis que eu já ficava muito curiosa com algumas postagens da Lilian no facebook, seus "posso ou não estar fazendo tal coisa" me deixavam coçando de uma estranha animação. E então Felipe foi para Campinas. Ver um show. Num carro com gente desconhecida. E escreveu sobre isso de uma forma tão incrível que, nossa. NOSSA. Quase me senti no lugar dele. Fiquei tão empolgada que todo meu comentário pode ter saído em caps lock.

Esse é o meu jeitinho. Já diria Renan que quando gosto de algo, eu só sei falar disso.

(meu mapa astral fala isso também)

Então Felipe me enviou um e-mail com o assunto: FAZ UMA LISTA!

E então, finalmente, eu fiz.

Ela não tem prazo e não tem uma quantidade definida de itens e nem sei como vou começar a fazer, mas tem coisas me inspirando, tais como: os dois blogueiros já citados, o 365nuncas, o Day Zero Project (apresentado na troca de e-mails já citada) e até lembrei de um site que pode em ajudar, o Bliive (uma rede social de troca de tempo).

Eu já devo ter comentado que sou um pouco impulsiva e estatísticas da minha vida mostram que, quando eu ajo no impulso é quando eu melhor faço as coisas que quero e, nas raras vezes que fiquei tão determinada a algo, quase obcecada é verdade, consegui realizá-la.

Minha lista tem coisas aparentemente simples, mas que vai exigir que eu trabalhe certas coisas em mim. Eu tenho vivido muito cercada pelo medo de arriscar, pela insegurança, pela vergonha e todas essas coisas. No entanto, se tem uma coisa que eu não suporto nem pensar é a possibilidade de não experimentar o que quero, de estar sempre no lugarzinho confortável do qual eu tanto reclamo, mas "ok". 

Conversando com minha tia esses dias, ela disse que só mudamos algo quando já estamos sangrando. Eu já passei por isso pelo menos umas duas vezes e, sinceramente, não pretendo passar por isso novamente. Eu não quero mais sangrar. Eu não quero ter que esperar estar completamente acabada e vivendo, todos os dias, novos ataques de ansiedade ou crises nervosas.

Eu quero ser eu.

E aí eu criei a lista.

Espero dividir com vocês meus possíveis resultados positivos.

5 comentários

  1. Mudanças que vêm de dentro são as melhores. Espero que aproveite muito as que virão deixar sua vida mais bela, e que sua futura lista tenha muitos itens riscados e bem sucedidos!

    ResponderExcluir
  2. Depois de tentar fazer um monte de listas, encontrei uma que tem me ajudado a realizar coisas devagar, sem pressão - mesmo que ela tenha prazo para acabar. Eu tô na segunda 101 coisas em 1001 dias e tá indo bem, eu acho. Fora essa, fiz com o boy uma lista de cafés para visitar - também sem pressão ou obrigação de fazer. Se joga na lista, Fran Young! <3

    ResponderExcluir
  3. Que coisa linda sis <3 acho essa sua paixão pela vida extremamente inspiradora e olha, talvez eu comece uma também haha
    Sabe que amo esse seu jeitinho e já estou empolgada por você e pela sua lista! Vai com tudo <3

    lov u :*

    ResponderExcluir
  4. Fran, eu adorei essa ideia de uma lista e de um projeto sem prazo específico. Comecei alguns mas justamente por conta dessa coisa fixa de ter de fazer, abandonei. Acho que tudo o que é feito como obrigação acaba cansando, e e eu cansei de todos esses projetos que comecei. Vou dar uma olhada nos links que você deixou, quem sabe me inspiro e já começo 2016 com vontade renovada (inclusive, tô precisando, haha). Boa sorte com seu projeto que não é projeto, vai e arrasa! =)

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu post, também tenho esse problema de criar listas intermináveis e não realizar nem 1/3. Espero que você consiga realizar o que você planejou. Beijos, https://kamilacavalcante.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.