.Literatura

TAG: Cinco autoras que li em 2014

16:37



Tenho notado, desde a FLIP, diversos textos sobre a presença feminina na literatura. Eu sempre gostei de acompanhar muitas escritoras porque sempre as vi mais próximas de mim de alguma forma. Os números da FLIP, por exemplo, sobre a pequeníssima porcentagem de mulheres na feira (apesar da alta taxa de mulheres leitoras, por exemplo). Aqui tem um texto muito bom sobre como não só as feiras, mas também a mídia, aborda a questão das mulheres no universo literário.

"A cobertura da imprensa é outro capítulo à parte. Quando as mulheres são foco, é comum que se dê mais destaque à sua vida pessoal ou a seus atributos físicos do que ao seu trabalho literário. Basta lembrar de Pola Oloixarac, escritora argentina que esteve na Flip em 2011: grande parte dos veículos se referia a ela como a "musa da Flip", com mais foco em sua beleza do que em sua obra. E infelizmente não é o único caso.""

Tudo isso me levou ao "projeto" #leiamulheres2014 e acabei encontrando muita gente bacana lendo mulheres melhores ainda. Como eu não conseguiria fazer uma retrospectiva do que li esse ano aqui, quis criar esse post citando cinco mulheres que li este ano - e fiquei bem feliz quando notei que li mais mulheres que homens, apesar de não ter contabilizado com exatidão.



A Casa do Céu, de Amanda Lindhout: Eu o conheci em janeiro, enquanto matava minha ansiedade de viajar no aeroporto de Guarulhos, rs. O livro é uma autobiografia de Amanda, mochileira e jornalista que ficou 460 dias presa em cativeiro na Somália. A força dessa mulher é impressionante e todas as vezes que vejo esse livro, sinto vontade de conhecê-la e abraçá-la. Ela conta com detalhes como era sua família, como começou a viajar, como se tornou jornalista freelancer e ainda conta sobre seus dias em cativeiro e todo tipo de violência que sofreu. Depois de liberta, voltou à Somália para criar uma escola voltada para as mulheres somalianas.



Eu Sou Malala, de Malala Yousafzai: Malala é aquela maravilhosa que nos dá uma lição de vida imensa, não só pela violência que sofreu por lutar pela educação, mas também por nunca ter parado de batalhar pelo que acredita. Além disso, seu livro conta uma história impressionante sobre sua família e seu povo e nos faz perder um pouco da nossa visão ocidental demais sobre o povo muçulmano e o Oriente. 





Fale!, de Laurie Halse Anderson: Mesmo só conhecendo dois livros dela, Laurie tem um estilo que a faz ser facilmente uma das minhas inspirações e seus livros são muito fortes e impressionantes. Fale! conta a história de Melinda, uma adolescente que precisa lidar com seus monstros interiores e com seus colegas de colégio após sofrer abuso sexual e manter sua dor em segredo. A edição desse livro é toda incrível: antes da história, encontramos um "poema" com relatos de violência sexual que as leitoras de Laurie confidenciaram a ela e, ao final dele, um questionário para ser trabalhado em sala de aula (ideia maravilhosa!) e informações sobre abuso sexual no Brasil e Estados Unidos. Um livro para cada pessoa do mundo ler na vida.



Bolsas, Beijos e Brigadeiros, de Fernanda França: "BBB" é o terceiro livro da autora mais fofa do mundo e o segundo da história de Melissa Moya, uma jornalista que possui o maravilhoso trabalho freelancer de fazer reportagens sobre viagens. É o tipo de livro delicinha que nos faz sonhar com um amor, com viagens inesquecíveis, que nos faz querer arriscar e investir mais e mais nos nossos sonhos. Um livro que recomendo a qualquer momento e para qualquer um.



Confissões On-Line, de Iris Figueiredo: Um chick lit da dona do blog Literalmente Falando, "Confissões On-Line" conta a história de Mariana, uma adolescente que está no terceiro ano do Ensino Médio e de saco cheio dos problemas que tem em sua vida, que decide gravar um vídeo com todas as suas insatisfações e colocar na internet... O que ela não imaginava é que o vídeo bombaria e ela se tornaria o que chamamos de webcelebridade! Um livro super querido e divertido que nos faz lembrar da nossa própria adolescência, dos medos e dúvidas e, de quebra, ainda dá aquela esperança para fazermos tudo o que temos vontade.


E vocês, quantas mulheres leram neste ano? Quais recomendam? Eu gostaria de indicar a tag para a Vane e a Tay, do Despindo Estórias, mas estejam a vontade para fazerem a "tag" também!

8 comentários

  1. Oioioi, Fran!

    Ai, tô com Malala lá em casa e louca pra ler. Também fiquei com muita vontade de ler A Casa do Céu. Já li Fale! e achei sensacional, de fato um ótimo livro para trazer essa discussão para as escolas. Os dois últimos eu não conhecia, mas adoro chick lit, então quem sabe eu não leio (depois de toda a minha lista enorme de livros que preciso ler diminuir)?

    Beijinhos, amora!

    ResponderExcluir
  2. A que eu tenho muita vontade de ler é Malala, deve ser realmente legal o livro dela, com muitas lições e tals~

    MandesShoujo | [visite]

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda, tudo bem? Acredita que nunca li nadica de nenhumas das autoras? Eu já ouvi falar bastante de todas e até enho dois dos livros acima na minha estante, maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas são tantos livros, são tantos livros que não me resta tempo para pegar. Mas tem um livro que estou muito ansioso para ler, é o A casa do céu!!!!!!!

    Beijos ou abraços, www.setecoisas.com

    ResponderExcluir
  4. Estou morrendo de vontade de ler o "Eu sou Malala", duro é arrumar um tempinho nesse começo de ano... A correria está impossível!

    Adorei a dedicação no livro "Fale!"! E parabéns pelo bom gosto :)

    Beijos, lindona!
    Helô, do Vestido do dia

    ResponderExcluir
  5. Poxa não li nenhum desses ainda :/ parecem ótimos

    Vêm participar do projeto "Blogs para amar?"
    É um projeto de divulgação e têm um post
    explicando tudo direitinho lá no blog :)
    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/
    Cecilia Mesquita
    xxx

    ResponderExcluir
  6. Também li o livro da Malala no ano passado e emocionei demais por sua coragem, assim como passei também a admirar a luta de seu pai - que mesmo não tendo um lugar digno para morar, fez de tudo para conquistar o seu sonho de abrir e manter a escola!
    Gostei bastante das dicas e vou anotar A Casa do Céu e Fale! para procurar! :)

    http://blog.fernandafusco.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei o teu projeto de ler mais livros de mulheres! Impressionante, mas vasculhei a minha estante de livros e percebi que tenho poucas escritoras femininas. Precisamos mudar esse quadro!
    Olha, adorei tuas leituras! Quero ler alguns desses cinco!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o teu projeto de ler mais livros de mulheres! Impressionante, mas vasculhei a minha estante de livros e percebi que tenho poucas escritoras femininas. Precisamos mudar esse quadro!
    Olha, adorei tuas leituras! Quero ler alguns desses cinco!

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.