.Fran te Leva

Buenos Aires 02 | Em Palavras

18:03



Buenos Aires é uma cidade cosmopolita que me lembra muito São Paulo, mas com menos caos e mais liberdade: vimos pessoas tomando sol na praça de biquini, lendo ou usando notebook, por exemplo.

No sábado, voltando do Cemitério da Recoleta, encontramos um senhor (que também faz câmbio) em um lugar parecido com uma adega. Ele trabalha em Buenos Aires dando assistência aos turistas e foi morar na cidade para ajudar a filha que está doente e foi um amor de pessoa conosco.

Conversamos com ele um pouco e ele se ofereceu para nos levar ao Caminito e ao Boca, além de alguns outros pontos da cidade. Por fim, nos levou para almoçar em Puerto Madero e, na volta, descemos no lugar onde o encontramos e seguimos para a El Ateneo.

Como perguntaram nos comentários: a El Ateneo (da av Santa Fe) é uma livraria que existe há mais de 100 anos. Existem outras delas na cidade, mas essa é a mais famosa, construída onde era um antigo teatro. O lugar é bem bonito, mas não achei tão encantadora quanto achava pelas fotos, nem achei que ela tem um bom acervo.

O domingo ficou por conta do passeio em San Telmo, uma feira deliciosa onde deixei todos os meus pesos HEHE e que considero meu segundo lugar preferido de BsAs. É lá que se encontra a estátua da Mafalda, aliás, e uma loja lindíssima de decoração escondida atrás das barracas chamada "Oh My Love!".

Depois de San Telmo fomos a um Carrefour Express na esquina do hotel e, pfvr: alfajor Jorgito, lo mejor! Pela noite, saímos para comer em algum lugar ao redor.

Por fim, segunda-feira: Taynná chegou ao meu hotel cedo e fomos a Calle Florida, onde comprei um vestido amor por 60 pesos e uma calça térmica por 50. Também encontrei uma lojinha de acessórios e bijuteria melhor que qualquer uma que já conheci, chamada TodoModa.

Voltando para o hotel, passamos em frente ao Teatro Cólon para fotografar e, então, Tay foi embora. Durante a tarde, fui com minha tia para a Plaza de Mayo e: lugar preferido do passeio, sinceramente! Outra coisa que adorei na cidade é a quantidade de frases de manifestações, pichadas ou grafitadas, pelas ruas.

Inspirada em tudo que vi na Plaza de Mayo, de pessoas desalojadas e cartazes de manifestações de todos os níveis a um trabalho que fiz sobre las Madres de Plaza de Mayo é que posto as fotos de hoje.


Buenos Aires foi o lugar que conquistou meu coraçãozinho.

4 comentários

  1. Tenho uma vontade imensa de conhecer Buenos Aires! Parece uma cidade linda.

    ResponderExcluir
  2. Morro de voltar a BSAS, minha viagem foi muito curta e já faz um tempinho :(
    Eu descobri o alfajor do Jorgito no meu ultimo dia, se não teria trazido umas duas caixas <3

    ResponderExcluir
  3. Vim só comentar que fiquei satisfeito de você ter comido alfajor!!! hahaha :)
    E gostei da sobriedade do seu relato, ajuda a gente ter uma ideia melhor de como a cidade realmente é. Apesar de particularmente não ser fã de street art, achei ótimas as fotos!

    ResponderExcluir
  4. Deve ter sido realmente um passeio maravilhoso. Quero muito conhecer Argentina, quem sabe ainda esse ano, quando no Brasil estiver naquela loucura da copa, haha.
    Amo arte de rua, principalmente dessas com stencil (da primeira foto e as que estão no chão) *-* e tuas fotos ficaram ótimas.

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.