crônicas e contos

fala pra ele

12:18

(daqui)


eu preciso agradecer por você me fazer acreditar de novo. agradecer pela decisão que tomou. agradecer por não ter desistido. eu agradeço por ter me reconquistado, por ter encarado seus medos e por ter me feito acreditar de novo. eu agradeço por ter voltado e colocado tudo o que sentia pra fora porque eu jamais me perdoaria se não pudesse ouvi-lo e se me recusasse a viver o que eu sempre quis. eu agradeço pela oportunidade de sermos quem somos, agora. e pela disposição. e por querer fazer vingar, fazer dar certo. por querer fazer. agradeço pelos telefonemas, mesmo que todos eles me acordem. por mais que eu fale demais, sempre, e por mais que eu possa parafrasear caio quando ele diz que escrevendo fala pra caralho, não acho que exista palavras boas o suficientes para descrever tudo que eu gostaria de dizer, o quanto eu gostaria de agradecer e como esse quase-um-mês de sentimentos novos-bons-que fluem me deixa mais feliz do que eu consigo me lembrar já ter sido. mas obrigada por ter conquistado sua chance. e, se quer saber, eu estava certa: é como se estar no seu abraço fosse o lugar mais óbvio para se estar.

4 comentários

  1. Agradecer nunca é demais. Sobretudo pelo amor que se renova.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Aí que a única coisa que consigo dizer ao ler isso é owwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.