.Querido Diário

Não me ensine a ser você

20:21

(daqui)
Eu não quero suas receitas prontas para ter sucesso na vida. Eu aceito, sim, conversas construtivas. Aquele tipo de conversa onde as duas partes se ajudam, se inspiram. Aquela conversa onde cada um consegue extrair os estímulos que precisam para si mesmo.

Se você quer ajudar, só tente mostrar caminhos. Faço questão de recusar sua poção mágica da felicidade.

Não quero que você imponha suas verdades e seus valores para cima de mim. Você jamais vai enxergar, sentir ou vivenciar o que quer que seja como eu. Jamais vai conseguir se colocar na minha pele porque, simplesmente, não viveu minha história.

Por favor, não considere (e não jogue na minha cara) que todos os meus problemas são frescuras. Novamente, você nunca esteve na minha pele. Não preciso de mais cobranças, culpas ou comparações além das que já faço.

De vez em quando só preciso de um amigo para me ouvir. Outras vezes, pode ser que uma luz seja necessária para que eu encontre o (apenas meu) caminho. Sozinha.

Eu não preciso de um caminho já traçado. Não preciso de alguém me lembrando do quão estou errada por me sentir mal seja lá pelo que for, já que há tanta gente pior que. Estar feliz ou não em nada muda a vida alheia e, até onde eu saiba, não assinei nenhum contrato dizendo que tenho obrigação de estar feliz o tempo todo. Isso não existe.

Não tente me dizer que estou errada em me importar com algo que me afeta, me atinge. Errado é quem faz comentários e dá palpites quando com certeza sabe que são inconvenientes ou dolorosos.

Não preciso das ordens de ninguém. Não preciso dos julgamentos, das regras ou de um manual de instruções que não tenha sido descoberto por mim. Não preciso de alguém me acusando de querer chamar atenção por não ter lá uma autoestima das melhores ou dos olhares piedosos por eu não ter chegado onde fulano chegou.

Não preciso dos seus planos e, definitivamente, não tenho a obrigação de carregar nas costas a amargura de ninguém, porque só isso explica a falta de tato de parte do mundo.

Eu não preciso ser você e, por consequência, não tente me ensinar isso. Descobrir meu próprio caminho e construir quem sou, da forma mais torta possível e conquistando alguns arranhões pelo caminho, vale bem mais a pena.

6 comentários

  1. Tudo o que tu disse é extremamente verdadeiro pelo simples fato de ser isso que encontramos na maioria das vezes. A gente já se cobra demais e ouvir opiniões ruins acaba desgastando, fazendo mal... as pessoas precisam de mais tato para entender que frescura é só uma palavra inventada para desclassificar o outro.

    Enfim, super me identifiquei e você sabe o motivo. ♥
    Beijo, gêmea!

    ResponderExcluir
  2. De: Fran
    Para: Sociedade.

    Tá certíssima.

    ResponderExcluir
  3. [desfocado o sonho
    dilui as formas angelicais]


    a d o r e i!

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente verdadeiro!

    Um beijão!
    - cronicotas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sal nos olhos dos outros é refresco, em outras palavras.

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.