Jornalismo

Atreva-se a realizar um sonho federal

16:59


"- Eu não sei o que eu quero fazer da vida
- Mas isso é fácil! O que você gosta de fazer?"

Esse foi um trecho da primeira conversa que tive com a Nathalie Trutmann, Diretora de Inovação da FIAP e autora do Manual Para Jovens Sonhadores. Quinta-feira tivemos, na faculdade, uma palestra com essa guatemalteca de sotaque divertido e olhar encantador sobre a vida (o universo e tudo o mais) e só posso dizer que foi uma das palestras que mais fizeram meu coração vibrar. Ela falou sobre seu livro e abordou o assunto fazendo com que descobríssemos como podemos trazer nossos sonhos para nossa realidade e para o mercado de trabalho.

Nathalie Trutmann

Nathalie contou que o Manual Para Jovens Sonhadores foi escrito baseado em sua própria vida, seus sonhos e suas histórias. Eu o conheci através do Thales, colega de jornalismo, em um sábado de manhã que resolvi ir de trem para São Paulo. Ainda bem - e digo isso de todo meu coração - que não ignorei a sugestão (como faço muitas vezes com muitas coisas hehe) e resolvi buscar saber sobre o tal manual. 

Eu devorei o e-book em duas ou três horas sendo que eu raramente me envolvo com livros em versão digital. E eu me vi em cada linha, em cada palavra, em cada descrição de como omitimos nossos sonhos e deixamos de ir atrás deles apesar de estarem sempre ali, se manifestando de diversas formas, tentando sair do espacinho onde os confinamos.

A palestra foi aberta com a seguinte pergunta: "Quem aqui tem um sonho?". Obviamente, todos levantaram as mãos (e quem não iria?). Em seguida, a perguntinha incômoda: "Quem quer falar qual é o seu sonho?". Para não dizer ninguém, ao longo da palestra, uns 5 levantaram a mão. Eu assumo, com vergonha, que não estava incluída nesse time.

Apesar de já conhecer o livro, ouvir a palestra, ouvir Nathalie falando sobre sonhos, nos apresentando vídeos incríveis e nos fazendo rir com seus slides fez com que essa vontade de viver o que eu gosto de fazer se intensificasse em mim. Um detalhe curioso é que eu sempre fui estimulada a buscar o que eu gosto pelas pessoas mais próximas, sempre tive os tais e necessários "amigos malucos" por perto, mas acabava me deixando abater, tendo vergonha de colegas ou conhecidos da faculdade, por exemplo. Gente que não tem nada a ver comigo.

Mas, voltando. Ela nos mostrou de forma simples o que provavelmente já sabemos, mas somos teimosos o suficiente para "deixar pra lá": precisamos querer fazer aquilo que nos faz feliz. Precisamos querer buscar formas de realizar nossos sonhos, de vivê-los todos os dias. Viver esperando férias e finais de semana é deprimente, e, para mim, doloroso. E sempre, sempre há formas de fazer com que isso vire nosso trabalho (e há vários exemplos disso, como o Agora Sim! e o projeto continuecurioso).

mil professores, coordenadora, Nathalie, eu e mais professores rs

Nesse post, em homenagem à minha palestrante preferida de todos os tempos, eu gostaria de propor um desafio, chegue mais perto e me diga: qual é o seu sonho?



10 comentários

  1. Que oportunidade de ouro! adorei ler :D

    Meu sonho ainda não é definido, meu sonho é viver. Tô feliz no meu trabalho, tô me desprendendo do passado, tá tudo se encaminhando, meu sonho é que continue assim!

    ResponderExcluir
  2. Verdade! Que oportunidade mesmo poder assistir a uma palestra dessas! Parabéns e brigado por compartilhar conosco. Gostei muito. Bom mesmo seria ter acompanho todos os detalhes. Nossa essa coisa de passado é brabo! Mas valos lá né! Pelos Sonhos!

    Bjs
    Maurício
    http://www.sonhosresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gosto de pessoas como você, Fran, que tem ótimas oportunidades e compartilha essas coisas boas com os outros! Estou dando uma olhada nos outros sites indicados e, sim, dá uma vontade de viver e de realizar meus sonhos de maneira inexplicável.

    P.s.: se for abrir sua agência, me contrata? rs #Eu♥Jornalismo
    Beijos, moça.

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, incrível deve ser pouco para descrever, né, Fran? :)
    Que lindo, que lindo que compartilhou com a gente essa experiência maravilhosa. Um belo pontapé positivo para corrermos atrás daquilo que nos faz bem, daqueles sonhos que quase sempre deixamos pra lá - eu que o diga então, que deixei mais da metade pelo caminho, olhando apenas as circunstâncias e esquecendo de uma coisa chamada *força de vontade*.
    Enfim, fico feliz que você tenha escutado tantas coisas positivas e que te fizeram ter ânimo pra ser mais feliz ainda! E obrigada por ter compartilhado, me fez muito bem também!
    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
  5. Que lindezaaaaaa!To adorando essa sua fase de "escrita experiência", ou seja uma escrita que vem da sua experiência, do teu caminhar do que você está vivendo.É tão bom poder acompanhar a spequenas mudanças, as pequenas conquistas e os desabafos também!E a cada experiência que você comparilha aqui no blog é um mundo teu que nos é aberto e nos toca/provoca de uma maneira bem pessoal.Eu por exemplo não conhecia o livro nem a Nathalie Trutman- "nunca vi tão gorda" (rs)- e foi aqui através do sue post que me interessei e despertei para conhecê-la e ir atrás do livro!Viu só?Eu que não conhecia ela agora conheço, e vou buscar mais!Por isso que digo como é legal essa oportunidade que tu cria ao vir aqui e copartilhar tuas experiências "sem querer" você pode ir mudando aos poucos alguém ao lhe abrir os horizontes, quem sabe o coração e a mente também?Olha que isso não é nada improvável, ainda mais na blogosfera em que todos podem vir aqui "beber um pouquinho da sua fonte"!rs
    É isso amiga, continue assim buscando sempre alicerces para construir teu caminho em busca dos teus sonhos!
    Te amo!!

    ResponderExcluir
  6. Franzi, confesso com vergonha que ainda não li o Manual. Comecei uma vez, mas era bem tarde e acabei dormindo. Mas juro que vou ler até o fim um dia desses, porque parece ser muito inspirador. Espero que seu sonho esteja próximo.
    Quanto à pergunta: meu sonho é ser escritora. Por mais clichê que isso seja e por mais distante que eu me sinta dele agora.
    Sinceridade, né?
    Beijo! <3

    ResponderExcluir
  7. Estou com muita vontade de ler esse livro agora! hehe :)
    Minha vontade é de ser atriz, viver da arte, mas estou num grande dilema, sigo essa carreira ou não?!
    complicado x:

    beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siga! :) Invista nisso da melhor forma que puder, encontre referências que te inspire ;) Você não vai perder nada ♥

      Excluir
  8. Acho que o meu maior sonho, no momento, é escrever continuamente e não parar tão cedo. A verdade é que eu não pretendo fazer planos porque, por experiência própria, te digo que as surpresas que a vida me reservou foram mais válidas do que aquilo que sempre sonhei.
    Não digo com isso que o esforço não deve ser feito. deve sim. Se eu quiser trabalhar numa editora, por exemplo, é minha função aplicar-me no catálogo que a editora apresenta. Se eu quiser ser jornalista, preciso ler muitas obras a respeito e me empenhar na escrita.
    Existem mil particularidades e, no entanto, ainda prefiro a ausência de anseios, prefiro deixar fluir.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Para os fãs de Nathalie!

    Tour Nathalie Trutmann, Chief Magic Officer da FIAP! Grátis o Manual Para Jovens Sonhadores: http://esy.la/18W6WUO

    Vai lá e faz! ;)

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.