Dating Rules From My Future Self

Nova série: Dating Rules From My Future Self

17:51


Dating Rules From My Future Self é uma websérie transmitida no facebook e desenvolvida pelos produtores de Gossip Girl. Sua primeira temporada possui nove episódios (só!) que duram entre 7 e 8 minutos cada (mas uma vez: só!). Porém, a novidade é que haverá segunda temporada e já há fotos no set de gravação!

A história é sobre Lucy, uma menina nerd que trabalha desenvolvendo apps. Um belo dia ela começa a receber SMS de um desconhecido com conselhos... Acontece que essas SMS são dela mesma. No futuro. É que em 2022 ela consegue desenvolver sua ideia de criar um app que possibilita a troca de mensagens com ela mesma, em 2012.

DRFMFS (ufa!) começa quando Brendan, um babaca namorado de Lucy que trabalha na mesma empresa que ela, a pede em casamento. A partir daí ela começa a se questionar, a questionar sua vida e refletir se está fazendo a coisa certa. É nesse momento que ela começa a receber SMS dela mesma, dando conselhos e dizendo que ela deve se livrar dessa furada porque há coisas muito melhores que a aguardam. Além disso, Lucy também conta com suas amigas Kelcey e Amanda (com as quais também divide a casa).

Eu enrolei pra ver por uma série de motivos, como não ter disponível no Youtube para "o meu país" (bullying!). Há umas duas/três semanas, por aí, uma amiga me passou as legendas em espanhol, mas só havia para os três primeiros capítulos (em português só havia para o primeiro). Vi os três primeiros e fiquei no aguardo do resto (porque não sei inglês, mas aceito bolsas em escolas de idiomas, rs). Há uns dias todos os episódios foram legendados e eu aproveitei, claro.


Não tem trailer legendado :(
Eu adoro essas histórias onde podemos acompanhar o amadurecimento dos personagens, suas escolhas, motivações e sentir o que eles sentem. E não foi diferente com Dating Rules, série que está recomendadíssima!
Fico pensando que seria de grande ajuda existir uma "eu 10 anos mais velha" que me desse conselhos e me dissesse como agir, que me alertasse quando eu estivesse me metendo em furadas e quisesse que eu construísse o melhor na minha vida. Apesar de assustador, seria ótimo. Quantas vezes deixei de fazer algo por medo ou continuei insistindo em algo que não daria em lugar nenhum por comodismo e medo de mudar? Muitas! Talvez fosse fácil demais receber as ordens e segui-las. Lógico, não foi tão mecânico assim na série (Lucy ainda tinha medo de arriscar, ainda questionava e chegou a achar que havia feito a escolha errada)... Mas já que não desenvolvo um app poderoso como esse, preciso aprender a viver por mim mesma. Ao menos amigas como Kelcey e Amanda eu sei que tenho :)

14 comentários

  1. Essa série é ótima mesmo. Baixei e assisti tudo no mesmo dia, uma delícia. Adorei que vai ter segunda temporada. E é impossível não ficar desejando um app desse na minha vida. Mas né, do jeito que eu sou ruim com conselhos, acho que a eu 10 anos mais velha não ia dar muita ajuda pra eu do presente.
    Curti essa coisa de websérie, quero mais.
    Beijo, Fran!

    ResponderExcluir
  2. Baixando agora o primeiro episódio!

    Eu também adoro séries onde podemos acompanhar o amadurecimento dos personagens. Adoro mais ainda quando os personagens começam a história de um jeito e no final vemos que eles não são o que demonstravam ser.

    Quem me dera ter contato com a Karen do futuro. Quem me dera!

    ResponderExcluir
  3. adorei a dica, louca pra assistir essa série agora :)
    vou baixar agora mesmo!
    beijos!

    ResponderExcluir
  4. Haaaa! Que massa! Já baixei os dois primeiro episódios e assisto ainda hojeee! :D

    ResponderExcluir
  5. Taí uma coisa que nunca ouvi falar: "websérie". Oi, sou velha. Muito velha. Mas me interessei! Vou assistir só pela curiosidade :D

    ResponderExcluir
  6. Ainda não me empolguei com webséries. Mas achei essa muito interessante. Cheguei a me imaginar no lugar da Lucy só de ver seu post haha

    ResponderExcluir
  7. olha só, a minha sobrinha ia adorar essa série.
    ela que assiste e gosta de Gossip.
    mas,pela internet...?
    @blogabs | Abstrações

    ResponderExcluir
  8. Gostei do enredo, assim que tiver com menos sono, vou dar uma espiada... Nunca assisti webserie...Admito que rola um certo preconceito! hehehehe

    ResponderExcluir
  9. Não sabia que existia esse sistema de webseries. Achei tão legal! E realmente é super curtinho, só 10 minutos! :O
    Talvez, se sobrar um tempo no futuro (bem no futuro mesmo haha), eu vejo.
    Quanto ao seu comentário no blog, até o ano de 2009 existia uma parte da revista Capricho chamada Tudo de Blog, onde cerca de 70 blogueiras eram escolhidas, recebiam pautas e as melhores iam para a revista. Fui publicada várias vezes por lá, saudades dessa época. Até hoje eu e as meninas do meu ano nos comunicamos, até criamos uma revista online feminina (www.revistanodia.com.br).
    Eu também odeio quem fala mal do curso, faz piadinhas e tudo o mais. Poxa, se é assim, porque está aqui né? Sem contar o povo que fica falando "ah, não precisa de diploma, tá fazendo o que ai?"! Povo sem informação não sabe realmente como essa lei funciona. x.x
    Eu também não quero virar fotografa (tenho fotojornalismo no semestre que vem, aliás), mas eu amei aprender, tanto que tenho planos de comprar uma semiprofissional assim que possível! rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. amei teu blog... muito mesmo, depois se der da uma olhada no meu... bjs. http://intensevery.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui :)

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Boa dica, vou procurar assistir!
    flor, posso pedir um segundinho do seu tempo?
    Sou finalista do concurso da SEPHORA, fiquei entre os 10 e agora posso ser uma das 3 a ganhar uma viagem à PARIS. Preciso de votos. o link é esse e é super seguro!
    http://www.visaodebeleza.com.br/VoteCandidato.aspx?id=1860
    não leva nem um minutinho! Não precisa nem Ver o vídeo MICOO.
    Obrigada e bjos!!

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.