Pitacos

Odeio salto fino: divagando aos 19

20:32

Dia desses estava vagando pelo twitter quando vi um "desabafo" da Lua sobre o que acontece quando ela procura meias 7/8 com ligas. O que a Lua disse foi o seguinte: 


Eu digo que estou "procurando" uma meia 7/8, que tenha liga, e as pessoas me olham como se eu fosse uma despudorada. Preconceito, sim?
Não entendo esse preconceito estranho que as pessoas tem quanto a lingeries bem cuidadas, mulheres "decentes" não podem usar?
Besteira gigantesca, sempre gostei de lingerie, muito antes de vida sexual, por sinal. Gosto de me sentir bonita pra mim.
Outra besteira é no Brasil só fazerem lingerie "sexy", vejo pouca coisa delicada, suave, sensual de fato.
Sem contar que no Brasil a produção é para corpão, né? Dificuldade enorme achar algo pequeno, ou meias para pernas finas, no meu caso.
Gostaria de encontrar peças mais assim: delicadas e vintage, com transparência e renda, pequenos laços. http://weheartit.com/entry/25165200/via/LuanaPagung


Eu nunca procurei meias 7/8 com ligas pra comprar, apesar de achá-las lindas. Mas hoje é meu aniversário e eu me dei de presente um corselet. Não é que eu sempre quisesse um, mas depois que conheci Chanel e descobri que ela aboliu os corselets e comecei a vê-los em loja, achava uma graça. Até experimentar um. Bastou isso e morri de amores.

Acontece que eu, empolgada, contei pra todo mundo e recebi piadinhas bem, digamos, infelizes. Como se o único motivo para se comprar um corselet fosse algo relacionado a vida sexual ou fosse obrigação ter um "motivo erótico" por trás disso.

E não é. Eu o quero porque acho que me sentirei bem usando um. Porque acho bonito. E se digo isso é porque cansa ver gente sendo definida pelo que veste o tempo todo. Eu não uso salto fino. E detesto. E detestava mais ainda ver piadinhas sexistas sobre "mulheres fazerem muito mais que os homens e ainda de salto alto". Posso sim ter a capacidade de fazer o mesmo que os homens fazem, mas não defina ser mulher ao uso de determinados produtos. Ao menos comigo, não funciona. E chega a ser fútil.

Capacidade e caráter não tem absolutamente nada a ver com a roupa que se usa. Eu gosto de decotes e nem por isso sou oferecida ou estou pedindo para mexerem comigo na rua. Da mesma forma que aquela moça que usa um vestido mais curto ou mais justo não é, necessariamente, vagabunda. Ou que aquela menina que só usa tênis+jeans+camiseta é "maria homem".

Tenho meu direito de achar bonito ou não, mas não tenho o direito de definir alguém por algo tão... pequeno. E acho que isso ninguém tem.


Às vezes só é preciso deixar de lado os preconceitos que temos, parar de tentar adivinhar a vida do outro ou de fingir que pode controlá-la. Geralmente, elas só querem se sentir bem para elas mesmas, não para os outros.



Hoje é meu aniversário (parabéns pra mim, estou ficando velha) e por causa disso (ok, não é por isso, é porque tenho uma mente inquieta) andei pensando em acrescentar mais coisas aqui. Resenhas de filmes e livros, mixtapes, resenhas de séries... Algo para tornar o blog mais dinâmico e para eu ter mais contato com vocês. O que acham? Sugestões?

10 comentários

  1. FEEEEEEEEELIZ ANIVERSÁRIO LINDAAAAAAAAAAA!

    ResponderExcluir
  2. Olha só, Fran, sua primeira matéria sobre comportamento.
    Parabéns menina!
    Seu blog é uma graça. =]
    Feliz aniversário!
    =**

    ResponderExcluir
  3. Fran, acho que ficar pensando em uma coisa pra fazer semanalmente no blog não é legal, porque acaba perdendo a graça e vc se sente obrigad aa fazer. Poste resenhas e afins quando tiver vontade e pronto.
    Nem preciso dizer que concordo com sua posição sobre roupas e afins, né?
    E no mais, um FELIZ ANIVERSÁRIO QUE TUDO SEJA AZUL VOCÊ É GENTE FINA BACANA PRA XUXU <3

    ResponderExcluir
  4. Fran linda ahazando sempre!

    Queria te fazer um super comentário, mas meu atual estado mental não permite, desculpa!

    Vou pensar em sugestões pro blog e depois te falo!

    Te amo! <3

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa para ver uma foto do seu corselet, também acho essa peça linda, tão feminina. Ah, e parabéns, mesmo que atrasado, pelo seu aniversário!
    Bem, eu não poderia concordar mais com você, de fato, muitas pessoas erram nesse pré-julgamento, pensando saber o quanto a pessoa é ou não feminina pelo que ela veste.
    Obrigada por ter me citado (e pela atenção em pedir antes). Como de costume, sempre gosto dos seus posts cheios de opinião.

    Bisous.

    ResponderExcluir
  7. Cara eu fiquei um bom tempo tentando pensar num comentário decente pra postar aqui, mas eu só consegui pensar em "amem" porque eu concordo com cada vírgula que voce colocou aí, eu tenho um espartilho lindo que eu comprei, mas não uso muito porque nesse calor não rola, mas eu acho lindo e no inverno vou dar um jeito de usa-lo. Acho corselets elegantíssimos e deixam a mulher sensual sem deixa-la vulgar, é.

    Voce ta certissima sis, orgulhão de ti!

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Concordo Fran. As pessoas julgam as outras por vários motivos estúpidos e o pior é que tem gente que acaba mudando de "estilo" por conta desses julgamentos! O negócio é usar o que se tem vontade e ser feliz! Se querem falar, que falem ué! Rs!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Que texto incrível, vivemos em uma sociedade que julga pela aparência. E não devemos abaixar a cabeça. O importante é usar o que se gosta e se sente bem, sem ligar aos julgamentos.

    Gostei daqui, estou te seguindo.
    E feliz aniversário, tudo de bom.
    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho que todo mundo que se acha no direito de julgar os outros, tem teto de vidro. No fim das contas, cada um só deveria fazer o que se sente bem fazendo. Mas, infelizmente, a gente sabe bem que não é isso que acontece. Não é uma porcentagem insignificante que se deixa levar pelas opiniões dos outros e deixa de se vestir e se comportar como se sente confortável. O ideal dos outros é algo inatingível, eles sempre vão achar algo pra criticar, simplesmente porque eles querem criticar! A gente ganha muito mais agindo de acordo com o que a gente acha.

    Beijos :)

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.