cotidianices

Uma sensação de: o que é mesmo que se passa?

20:31

Quero encontrar(-me com) minha paz interior. (daqui)

Não sei como posso definir esses momentos da vida onde nada parece andar pra frente. Nem mesmo  para trás. É aquela sensação que temos quando estamos estacionados, parados - totalmente inertes. Com a sensação de que nem a escolha que eu fiz pra minha vida alcança minhas expectativas.

Tive, nesses últimos tempos, dezenas de paranoias relacionadas a todo mundo que me rodeia. Por algum motivo achei que algumas pessoas estavam se afastando. Que não eram as mesmas comigo e que eu já não era a mesma pra eles (é, tenho esses problemas de me sentir "desimportante" mesmo). De alguma forma, por mais simples que seja (e quase imperceptível), esse sentimento tem mudado. Já superei a maior parte desse caso e me sinto querida novamente, já consigo olhar o que me dizem quando converso da forma que nunca deveria ter deixado de olhar.

Assumo que o problema não estava neles, mas em mim. Continuo, no entanto, desanimada com a faculdade, com meu curso (que sinto tão fraco até esse semestre), com essa gente que só atrapalha a aula (e com a minha tendência a se distrair facilmente). Com minha aparência, pra variar. Com a forma com que me sinto deslocada... E todas as vertentes dessas "pequenas coisas".

Pensei nesse post o dia inteiro e ele não tomaria o rumo que tomou. Não me lembro como, achei algumas matérias ótimas. Matérias simples, mas que abriram meus olhos para a forma com que eu me vejo, me sinto comigo mesma. Achei até uma matéria sobre essa "guerra" quanto a comentários intolerantes que tem aparecido e como a mídia e a massa tem agido em cima disso. Foi um novo ponto de vista, eu confesso. Algo que nem eu tinha parado para pensar sobre.

Sei que apesar de tudo isso só tive um estalo para ir contra esse estado de estafa, por assim dizer. Não quero enlouquecer pensando nisso nem fingir que não está acontecendo nada. Mas acho um passo importante, depois dessas semanas, que tenha parado para ver as coisas de uma forma diferente. Que tenha voltado a levar em consideração que não devo dar prioridade a isso.

Ok. Consegui ter algum momento de lucidez e voltar a raciocinar da forma como realmente importa. Lembrei que tenho que respirar. Apenas respirar.
Não posso afirmar qual deve ser meu próximo passo... Mas vou descobrir.

Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os fatos. Ou a ausência deles. Duvida? Quando nada acontece há um milagre que não estamos vendo. - Guimarães Rosa


título do post: trecho de Os Insetos Interiores, TM.

4 comentários

  1. É amiga..De tantas conversas que tivemos seu post tomou um rumo que nem eu esperva.rss
    Mas você terminou perfeitamente bem com Guimarães Rosa, e isso de respirar.É bem assim mesmo, a gente passa a vida esperando as coisas acontecerem,aí muitas acontecem e nos sentimos vivendo e de repente olhamos a nossa volta e a nós mesmos e nada acontece.Daí o melhor a fazer?Respirar e justamente não acontecer nada já é acontecer, só que estamos esperando algo enquanto recebemos outra coisa que nem percebemos.Talvez seja nesses momentos em que tudo acontece dentro de nós e nos prepara para os momentos em que tudo acontece fora de nós...Será?Enquanto isso respiramos a espera dos próximos momentos de tirarem o fôlego.;)
    Beijoooo, frô!

    ResponderExcluir
  2. É normal nos sentimos assim.
    Ok, ou talvez não.
    Mas eu me sinto assim o tempo inteiro, então talvez o que realmente devemos fazer é só respirar e esperar o tempo passar. Porque de alguma forma, vamos sorrir, dar gargalhadas, e brincar de viver feliz outra vez.
    Mas será que isso é relacionado à felicidade?
    É, eu e minhas constantes dúvidas!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo tem essas fases de achar que é completamente descartável na vida das pessoas né? E só nós sabemos como esse sentimento dói! ;(

    ResponderExcluir
  4. Nem sei o que te dizer;
    deixa eu ver: É normal, acho que um dia todo mundo se sente estacionada em um canto, sem ir para lado algum. A gora quanto ao seu curso, espero que vc se ache, pois é mt chato se desanimar com algo que vc sempre quis. Boa sorte
    Bjos ;*

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.