crônicas e contos

Se não for óbvio, eu conto!

13:54

"Você me prometeu que ficaríamos bem, e eu acreditei nisso. Confiei em você e em todas as suas promessas e seus olhares, e acreditei cegamente que sempre teria o som do teu riso arrepiando minha pele. Eu realmente levei a sério. Tão a sério que nunca pude enxergar as placas de alerta ao perigo.
E você sempre esteve lá. Acreditava que isso fosse um sinal de que, afinal de contas, tudo era verdadeiro. Sabe, daquela forma que disseram: "genuino e eterno".
Me diga, o que aconteceu com toda nossa história? Com a data importante, as lembranças e nossas bobagens? Quem apagou da nossa história os diálogos românticos e as narrações piegas? E a nossa história clichê, que um dia chegou a ser tão única? Quem fez dela "mais uma"?
Quando um gesto diz aquelas sete letras para o coração de alguém, como você espera que se esqueça?
Vejo um ponto de luz no horizonte que, por suas idas e vindas, não acaba, não deixa eu virar a página. É como aquele livro que não lemos, porque achamos que, se os personagens realmente se gostavam, pra quê tanto rodeio, não é?
De vez em quando ainda existe você. E depois um silêncio crucial. E depois você. E depois meu martírio. E toda essa rotina que não nos leva a lugar algum.
E todos os flashes e lembranças que ainda teimam em surgir nas nossas mentes, e a palavra que teima em sair das nossas conversas mecânicas. E algo que, ainda não me surpreende.
Eu só queria que um dia, finalmente, você chegasse de mansinho, como se adivinhasse onde eu estaria naquele segundo. E pronunciasse todas as palavras que, por mais claras, eu também não pronunciei. E falasse abertamente aquilo que eu não falei. E desse, então, um sinal que fizesse todo meu medo maior ir pro espaço. Aí sim, ao invés de tantas palavras enroladas como um novelo de lã ou gestos nem tão definidos assim, eu diria o que, aos olhos de todos, já é óbvio.
E se não for tão óbvio assim, eu conto.
Para sempre sua menina."

Meus doces! Um PS para quem curtiu a ideia das cartas e caderno entre blogueiros: Clarisse. Já está sendo organizada, com um e-mail para vocês enviarem as informações. Passem lá, ok? :D

30 comentários

  1. Eu realmente me emociono com seus textos Fran (se me permite a ousadia), são fantásticos!
    E este, como sempre, está perfeito.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá, antes de mais nada, parabéns pelo blog!
    E por acha-lo de muito bom gosto é que o/a convido a vir conhecer a proposta do meu Blog para você.

    Aguado sua visita!

    Forte abraço!
    Karina

    ResponderExcluir
  3. "Aí sim, ao invés de tantas palavras enroladas como um novelo de lã ou gestos nem tão definidos assim, eu diria o que, aos olhos de todos, já é óbvio.
    E se não for tão óbvio assim, eu conto."

    Caramba prin.cesa vc é a mais lindaaa !
    Sempre me tcoando com seus belso ecsritos fico emocionada é tão lindo a tristeza de um amor,não é?*_*
    Acho que a tristeza de um amor só é linda pq sempre guarda a felicidade escondida em algum lugar...
    De qualquer forma eu te amo muito e to com saudades amiga!

    Beijos da carioca.=')

    ResponderExcluir
  4. Ah menina, que liiindo texto *_*
    Suas palavras sempre tocam os nossos corações;

    Tu que fez o layout? Ficou lindo demais *________*


    beeeeijinhos;

    ResponderExcluir
  5. Ounnn que texto lindo,, Ameii...
    beijosssss

    ResponderExcluir
  6. Fran, segue meu novo blog, flor?
    beatrizgomesdecastro.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  7. Minha flor!
    Muito fofo o lay novo.

    E quanto ao texto... Agora entendi de onde veio o genuíno e eterno!
    ^^


    Um beeeijo, amora.
    s2

    ResponderExcluir
  8. Que lindo, que doce menina..
    GOstei bastante, e porque você nao vai atras desse amor tão lindo logo??

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, esse texto me emocionou de verdade. Muito Lindo!

    ResponderExcluir
  10. ótimo texto.. eu não me atrevo mais a falar sobre amor ;x
    mas adoro ler sobre.. e o seu texto é ótimo. pena que me vi do outro lado =/

    tesigo!

    :*, amiga da minha irmã.

    ResponderExcluir
  11. É como disse o sábio Renato Russo: "se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar que tudo era pra sempre, sem saber que o 'pra sempre' sempre acaba." Você escreve com muita sensibilidade, viu?!

    Amiga da comunidade da França, to te seguindo agora, tá?!

    Vc já fez sua viagem?
    Eu voltei de lá semana passada, estou apaixonada!
    No meu orkut tem fotos, o link está no meu blog, caso fique curiosa pra ver, hehe!

    Eu sou professora de Português e amo Teatro mágico, porque acho de uma poesia sem igual! Bom para trabalhar com os alunos, né?!

    Tudo de bom pra vc, flor!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. lindão fran, já copiei uma parte: E a nossa história clichê, que um dia chegou a ser tão única? Quem fez dela "mais uma"?!
    parece tanto com a minha historia! =\
    enfim, beijos!

    (:

    ResponderExcluir
  13. É, não é óbvio. E você contou bem!
    Bjooo!!!

    ResponderExcluir
  14. Ás vezes queremos dizer algo, mas temos medo de não ser correspondido. Aprendi, depois de muito errar, que um 'eu te amo' não dito dói mais que qualquer decepção, parece um peso sobre nossos ombros. Lindo texto. Beijos, Mel

    ResponderExcluir
  15. Como sempre, as suas palavras sempre me encantam.
    Amei o texto.
    Amei o novo lay.

    Estou participando do projeto Clarise. Super ansiosa pra começar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. :)
    haha, você é ótima.
    Tudo bem, eu nem devia dar palpite, mas num deixa mais a gente com essa saudade toda não fran.
    Brigado, te dolo, fofa ♥

    ResponderExcluir
  17. Você escreve tão bem minha Veiga.. queria escrever assim tambem.. xD

    saudades de vc, tenho novidadees ;)

    beiijos.
    amot

    ResponderExcluir
  18. que lindo seu blog! e amei o texto. :)

    ResponderExcluir
  19. Cara, seus textos são sempre tão lindos e tocantes. Não são do tipo enjoativo que você fica cansado de ler por aí. *-* E eu conheço essa foto, HDUAHDHAUH. Adorei o lay novo.

    ResponderExcluir
  20. segue meu blog? www.missthay.blogspot.com
    estou te seguindo :)

    p.s: seu blog é liindo *-*

    ResponderExcluir
  21. Oi querida, que bom que ta todo mundo gostando o meu texto. (Amor ou Paixão?).
    Então o negocio das cartas, voud eixar meu endereço sim sim. Quero muito participar.


    Beeijo.. seu blog ta lindoh..

    ResponderExcluir
  22. Fran tu tem o dom de escrever, até eu que odeio o amor curto seus textos, bju grande moça linda

    ResponderExcluir
  23. Tem selo pra vc no meu blog, passa la e paga florziinha!

    http://www.euvoustar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. um grande desafio foi esse texto não?desafabo muito bom
    ameei mesmo, e profundo

    ResponderExcluir
  25. aain, que conto lindo *-* adorei
    li o post anterior e também adorei a idéia das cartas, bem legal rs
    seu blog tá muuuuito lindo, sério.
    to seguindo :)

    ResponderExcluir
  26. eu agora vou ter dois endereços em dois estados diferentes... como faz? Oo
    corre o risco da carta chegar eu só ver dois meses depois

    ResponderExcluir
  27. OI querida, como é que faz pra participar? Explica-me.

    beijos!

    ResponderExcluir

Puxe a cadeira e sirva-se de um chá.